Woohoo se torna referência no conteúdo gamer

José Armando Vannucci
José Armando Vannucci - José Armando Vannucci
2 Min Read
Apresentadores do canal Woohoo
Apresentadores do canal Woohoo

O canal Woohoo tem colhido os primeiros resultados do investimento em uma programação baseada 80% em conteúdo gamer. Com o aporte da holding Brickto S/A, o novo time foi capaz de criar atrações que exploram todas as vertentes da indústria de games, incluindo apresentadores e mais recursos artísticos. Nomes importantes da indústria e personalidades populares da comunidade geek comandam as novas atrações do canal, entre e-sports, torneios, lançamentos, discussões e game plays.

- Continua após a publicidade -

Para Marcos Gueibel, presidente do conselho da empresa e sócio da Woohoo Segundo o CEO do Woohoo, o canal sempre se alinhou com a necessidade de se reinventar do jovem. “Com nosso histórico entendemos que parte da nossa missão foi concluída, conseguimos ajudar a comunidade jovem entusiasta de surf e skate e esportes de ação a se legitimar a nível nacional. Sendo isso estamos indo para um novo desafio, com novos canais e um novo propósito: Ser um pilar da comunidade Gamer para legitimar e moldar a imagem do gamer diante da sociedade”, ressalta.

O objetivo do Woohoo é conquistar também os jogadores casuais, que representam quase 77% do mercado. O canal vai fechar este ano com 235 horas de competições e 169 horas voltadas para conteúdos específicos sobre games. O surf e o skate continuam no canal vão representar 160 horas de programação.

- Continua após a publicidade -

O Brasil é o 10º maior mercado de games do mundo. Só no Brasil, o negócio de games movimenta R$ 12 bilhões ao ano, o que representa o maior faturamento na América Latina. No ano passado, no mundo, os games e seus derivados arrecadaram cerca de US$ 196 bilhões e a perspectiva é que 2023 feche com expressivo crescimento.

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta