Beijos gays que marcaram a teledramaturgia

Relembre outros beijos que marcaram a história das novelas brasileiras

Walfredo Jr.
5 Min Read
Beijo marcou o último capítulo da trama.
Público festeja o beijo de Kevin e RamiroReprodução Internet

O beijo saiu! Kelvin e Ramiro finalmente se renderam ao amor. Na história da teledramaturgia brasileira poucos casais tiveram esse privilégio, porém todos eles, tem a sua contribuição de vitória e liberdade. Nesta terça-feira, 12, boa parte do Brasil parou para acompanhar a cena em Terra e Paixão.

- Continua após a publicidade -

Casal do Ano

Desde o início de Terra e Paixão que Kelvin e Ramiro, defendidos por Diego Martins e Amaury Lorenzo, foram ganhando a simpatia do público e roubando o protagonismo como o casal mais querido da trama. A torcida sempre foi muito grande para que o beijo acontecesse e até o perfil do personagem de Ramiro foi se modificando. A cena carregada de emoção, doçura e inquietude superou a expectativa do telespectador que apoiou o ato e parou a internet.

Após declarações, Kelvin e Ramiro se beijam em Terra e Paixão.

Vai na Fé

O sucesso do horário das 19h em 2023, Vai na Fé, exibiu dois beijos. Após muitas polêmicas suas exibições ou não, a Globo exibiu o beijo entre Yuri (Jean Paulo Campos) e Vini (Guthierry Sotero), porém o casal não ficou junto.

- Continua após a publicidade -
O beijo dos meninos foi comemorado.

Diferentemente e com direito a fã clube, Regiane Alves e Priscila Sztejnman deram vida à Clara e Helena. A primeira vivia um relacionamento abusivo com Théo (Emilio Dantas), vilão da trama, e a outra sua personal trainer. Mas, o público se envolveu com a história das duas e lutou pelo beijo delas, além do final feliz.

Casal queridinho de Vai na Fé.

Liberdade Histórica

A novela de época das onze Liberdade, Liberdade ousou e ao mesmo tempo confortou o público com o beijo de André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira). Repleto de desejo e carga dramática, a cena não só mostrou um tórrido beijo, mas a primeira transa de homens em um folhetim brasileiro.

- Continua após a publicidade -
André e Tolentino se entregam ao amor reprimido.

Beijo de Veteranas

O primeiro capítulo de Babilônia (2015) ficou marcado pelo beijo de Estela e Tereza, vividas por Nathalia Timberg e Fernanda Montenegro. Chocou o público. Mas, até campanhas de boicote a trama foram organizadas.

Beijo aconteceu na estreia de Babilônia

Trama de Maneco

Com direito a casamento e o ex como padrinho, Clara (Giovana Antonelli) que estava em crise com Cadu (Reynado Gianecchini), conhece a fotógrafa Marina (Tainá Müller) e se entregam ao amor, amplamente comemorado pelo público na história de Em Família.

- Continua após a publicidade -
Beijo no casamento de Clara e Marina.

Amor Pelo Carneirinho

Em 2013, Amor à Vida era a sensação do momento e a estreia de Walcyr Carrasco no horário das 9. O casal Félix e Niko, de Mateus Solano e Thiago Fragoso, começou como amigos, ambos casados. Porém, no decorrer da trama, os laços foram se estreitando e o antigo vilão se apaixonou pelo “carneirinho” e se beijaram no último capítulo.

Beijo marcou o último capítulo da trama.

Revolução Chocou

Amor e Revolução retratava a ditadura militar no Brasil. A trama do SBT de Tiago Santiago exibiu o beijo de 40 segundos de Marina (Giselle Tigre) e Marcela (Luciana Vendramini) na redação do jornal da novela. O beijo chocou os telespectadores à época.

- Continua após a publicidade -
Beijaço entre as duas chocaram o público.

Final Apaixonadas

Interpretando a peça “Romeu e Julieta” no final de Mulheres Apaixonadas em 2003, Clara (Aline Moraes) e Rafaela (Paula Picarelli) antes amigas, se aproximam e se apaixonam. No ato final da encenação, dão um selinho.

Veteranos

Engana-se quem pensa que os beijos gays em novelas começaram a partir dos anos 2000. “Então quem deu o primeiro beijo de um homem em outro homem na televisão? Eu! E exijo que reconheçam isso!”, contou Lima Duarte em entrevista para o jornalista Fefito, em 2015. Segundo o ator, a o beijo com Cláudio Marzo, aconteceu em 1953, no teleteatro, encenando a peça “Panorama Com Vista Para a Ponte”.

- Continua após a publicidade -

O primeiro beijo lésbico foi exibido em 1964. Vida Alves e Geórgia Gomide no teleteatro “Calúnia”, exibido pela Tv Tupi, dentro do programa TV de Vanguarda.

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta