É preciso arriscar na TV para sair da mesmice

José Armando Vannucci
José Armando Vannucci - José Armando Vannucci
1 Min Read
Elas por Elas
Começam os conflitos em Elas por Elas

A estreia de Elas por Elas levanta uma importante discussão sobre a importância das emissoras de TV arriscarem um pouco e levarem ao telespectador algo novo e ousado. Mas, como o remake de uma novela que fez sucesso em 1982 é sinal de inovação? Refazer um clássico pode ser sinal de que não há criatividade nos dias atuais, mas também indica que releituras são sempre interessantes para mostrar aos mais jovens bons textos.

- Continua após a publicidade -

O fato é que Elas por Elas tem características de novelas das 19h, mas foi a aposta da Globo para a faixa das 18h, tradicionalmente marcada por tramas de época e com narrativas mais lentas. É nesse sentido que a Globo arrisca. Se vai dar certo, só o tempo dirá. E essa ousadia da Globo serve de bom exemplo para as demais emissoras.

Assista ao comentário de José Armando Vannucci.

- Continua após a publicidade -

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta