Paraíso Tropical: 5 personagens icônicos

Walfredo Jr.
3 Min Read
Bebel e Olavo foi o casal mais querido do público em Paraíso Tropical. A trama estará de volta no Vale a Pena Ver de Novo
Foto - Reprodução Tv Globo

Uma boa trama do horário das 21 horas fisga o público com dois ingredientes: história e personagens. Vilões e mocinhos bem construídos são garantia de que a história vai ser bem contada. E nessa construção é necessário pensar nos bordões e artistas carismáticos para puxar a atenção do telespectador. Paraíso Tropical é um bom exemplo dessa combinação de sucesso. A novela é a próxima a ser exibida no Vale a Pena Ver de Novo.

- Continua após a publicidade -

Separamos 5 personagens que se destacaram em Paraíso Tropical:

Camila Pitanga é Bebel
Camila Pitanga roubou a cena na novela

Bebel: A personagem de Camila Pitanga, sem dúvidas alguma, foi a mais popular de toda a novela. Bebel é uma garota de programa que se apaixona por Olavo e dona do bordão “tem que ter catiguria”.

- Continua após a publicidade -

*Lúcia: Mulher humilde e trabalhadora, vivida por Glória Pires, esconde a paternidade do seu filho Mateus e se decepcionou com Cássio, seu amor no passado. Ao chegar no Rio, tem um caso com Antenor.

*Marion: Vera Holtz é a mãe de Olavo e trambiqueira. A promoter sempre está envolvida nas tramóias do filho e não aceita a relação dele com Bebel.

- Continua após a publicidade -

 

Wagner Moura é Olavo
Olavo era amado e odiado pelo público

*Olavo: Vivido por Wagner Moura. É sobrinho de Antenor, dono do Grupo Cavalcanti. Ganancioso, ele não mede esforços para herdar a presidência da empresa e tem um caso amoroso com Bebel.

- Continua após a publicidade -

*Ivan: Bruno Glagliasso vive um rapaz charmoso que conquista as mulheres e as descarta nas mesma facilidade. Comete pequenos furtos e se sente rejeitado pela família. Se envolve com Taís e a ajuda nas vilanias.

 

- Continua após a publicidade -

 

Vem aí

- Continua após a publicidade -

Paraíso Tropical é a novela escolhida para o Vale a Pena Ver de Novo. Exibida em 2007, a trama teve um começo conflituoso, mas depois caiu no gosto popular. Escrita por Ricardo Linhares e Gilberto Braga, a história gira em torno das gêmeas Paula e Taís (Alessandra Negrini), que não sabiam uma da existência da outra, uma simples e a outra ambiciosa. As atenções estão voltadas para quem vai assumir a presidência do Grupo Cavalcanti, do empresário Antenor Cavalcanti (Tony Ramos).

Paraíso Tropical substituirá Mulheres Apaixonadas a partir de dezembro nas tardes da Globo.

 

 

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta