Remake por remake ou uma nova Elas por Elas?

Jorge Bin
3 Min Read
Elenco de Elas por Elas
O remake de Elas por Elas ocupará a faixa das 18h

Sabe aquela obra queridinha? Aquela que você ama e pensa: “não colocaria nem um ‘izinho’ a mais nem a menos nessa história”. Pois então, é o meu caso com “Elas por Elas” do meu autor favorito, Cassiano Gabus Mendes. E confesso que me deu um certo ciúmes quando vi a chamada do remake que estreia no próximo dia 25 na Rede Globo, ocupando o lugar de “Amor Perfeito” na faixa das seis horas da tarde. Será traição assistir a nova versão? Ou “tudo na vida passa, tudo no mundo cresce, nada é igual a nada não”?

- Continua após a publicidade -

ESTRANHAMENTO

Em time que está ganhando, não se mexe. Você pode ter falado isso em algum momento em relação a nova “Elas por Elas”, pois se trata de uma adaptação feita por Thereza Falcão e Alessando Marson, onde tanto o lugar que se passa a trama e alguns personagens serão mudados. Meu maior desapego praticado em relação ao folhetim foi a não ter Márcia – todo meu amor a Eva Wilma – mas agora teremos Lara, Debora Secco, que reunirá as amigas depois de 25 anos sem se verem e, outra mudança, no Rio de Janeiro e não em São Paulo, como na versão original. E mais uma confissão: gostaria muito de chamar a incrível Késia Estácio de Wanda e não de Tais.

SALDO POSITIVO

Passado o trauma de “Mácia agora Lara”, vamos para Mário Fofoca. Não mexe neste ícone! E essa lenda tinha que ter alguém a altura de Luis Gustavo. O detetive atrapalhado será Lazaro Ramos e, pelas chamadas da novela na TV, com a mesma trilha original do personagem com “Melô do piripipi”, da Gretchen. Adriana continua a veterinária batalhadora e fofa que conquistou meu coração, vivida por Esther Góes, agora por Thalita Carauta. E a salva de palmas que dei quando vi Natália, com o mesmo olhar atormentado que a formidável Joana Fomm deu a personagem, agora em Mariana Santos.

- Continua após a publicidade -

ASSISTIR OU NÃO? EIS A QUESTÃO

A resposta é: claro que sim! Parafraseando o The Fevers de novo: “Bandeira pouca e bobagem”. Temos “Mulheres de Areia”, que arrasou na primeira e na segunda versão, “Pantanal”, “A Viagem” e tantas outras que voltaram em adaptações, com novos personagens e que caíram no gosto do público. O que nós fãs de “Elas por Elas” queremos é a essência e o brilhantismo de Cassiano em cada capítulo. Agora com este elenco 10/10, com mais representatividade, dando um F5 nos conflitos e ainda com Rita Lee na trilha sonora? Poxa, já tô aqui batendo o pé no chão no ritmo de “Hey, Hey, você me faz a cabeça-aaaaaa”.

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta