Cariúcha: Precisamos falar sobre sua eliminação

Walfredo Jr.
4 Min Read
Cariúcha foi eliminada, mas traumas do passado podem ter interferido no seu jogo

Um reality show confina as mais diferentes pessoas e distintas personalidades, sendo elas famosas ou não, para o desafio da convivência diária em meio a provas, desafetos e intrigas que no final vale muito dinheiro. Caríucha foi a última eliminada de A Fazenda, no caso a terceira desta edição. Mas a história poderia ter sido outra e talvez ela poderia ser a grande vencedora.

- Continua após a publicidade -

Na edição anterior, a atriz Bárbara Borges começou a sua participação tímida e bastante observadora aos acontecimentos da Sede. No momento que tornou-se alvo de Deolane Bezerra, Babi não abaixou a cabeça e a partir dali começou uma guerrilha das duas partes, com xingamentos, embates e muitas discussões. Ela conta que foi um grande desafio. “A maior foi a superação de tudo, de todas as minhas limitações. É o reconhecimento da minha força interior, da minha coragem”, conta a atriz. Borges foi a grande vencedora. Já Deolane próxima da final, foi retirada do programa por suas irmãs.

Cariúcha ficou conhecida nacionalmente com a exibição da sua participação no concurso “Garota da Laje”, que foi exibida no Profissão Repórter. A sua entrevista caiu na boca do povo e seus bordões são lembrados até hoje. Após o episódio, teve o seu grupo de funk, seguiu carreira solo e foi o grande destaque do Pânico na TV, como em repórter em seu último ano de veiculação. A bem da verdade que a sua presença em A Fazenda sempre foi muito pedida e aguardada pelo público e estranhamente não acontecia. Provavelmente esse último ano de tretas com Jojo Todynho foi decisivo para o seu ingresso em Itapecerica da Serra.

- Continua após a publicidade -

A vida de Cariúcha nunca foi fácil e ela carrega cicatrizes difíceis de serem apagadas. Nascida no subúrbio carioca, já foi humilhada, hostilizada, tem pouco estudo e chegou a se prostituir, fato que não nega. Explosiva, despachada e sempre gritando é a forma de proteção que ela encontrou conta tudo e todos. Não vou passar pano para o que ela aprontou, desejou e foi pra cima de Raquel Sheherazade e Lucas Souza, não que seja santos, mas limites tem que ser respeitados. Ao participar da Cabine de Descompressão com Lucas Selfie, comentou a sua passagem, reviu cenas polêmicas e a sua repercussão aqui fora. Mas um vídeo tirou o seu brilho e a deixou sem chão. Provavelmente ela foi manipulada por Kamila Simioni e esbravejou “eu pensei que ela me via como amiga, como aliada. Estou me sentindo uma tonta”.

Estamos em uma posição confortável de espectador na plateia do picadeiro, é muito fácil apontar e dizer o que está certo ou errado. Penso que todos deveriam passar por um programa semelhante para vivenciar um confinamento que você não tem contato algum com o mundo externo. O jogo lá vivido é completamente diferente do nosso dia e a ótica observada pode ser interpretada de múltiplas maneiras. Cariúcha carrega o fado do preconceito com pessoas negras e serem sempre marginalizadas, principalmente em um programa de expressiva audiência. Participantes brancos que fizeram o mesmo ou até pior, saíram normalmente e por muitas vezes aclamados. Isso não é estranho ou pra você é normal?

- Continua após a publicidade -

Cariúcha merece e deve viver a sua pós participação com um olhar crítico. Caberá a ela e mais ninguém se redimir, mudar e se perdoar para trilhar um novo caminho, recomeço e escrever a sua história em diante…

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta