No Limite termina com audiência dentro da meta

Silvia Carreiro
2 Min Read
Fernando Fernandes apresenta No Limite
Fernando Fernandes apresenta No Limite - Amazônia

Na faixa noturna, a guerra pela audiência está concentrada em dois níveis. De um lado a Globo vê o streaming avançar, principalmente na faixa de shows, após a novela Terra e Paixão. Num outro nível aparecem Record e SBT, que disputam a vice-liderança no sinal aberto, mas com índices inferiores ao da soma das plataformas digitais. Nesta quinta-feira, das 18h às 24h, a Globo marcou 21,0 pontos (38% de share), o streaming ficou com 10,5 pontos (19% de share), a Record registrou 6,0 de média (10,8%), o SBT atingiu 4,5 pontos (8,2% de share), a Band conquistou 2,3 pontos (4,3% de share) e a Rede TV 0,5 pontos (0,8% de share). Ao acompanhar as planilhas da audiência é possível constatar que o streaming, assim como a televisão aberta, tem um consumo maior 20h30 e 23h e que após esse horário há uma queda, mas menor do que a TV aberta, o que aproxima as duas plataformas.

- Continua após a publicidade -

Nesta quinta-feira, o último episódio de No Limite marcou 15,9 de média, índice que estava dentro das expectativas da Globo. Na Record, Top Chef ficou com 3,1 pontos. No SBT, A Praça é Nossa registrou 5,2 pontos de média e 14,8% de share.

Confira abaixo as médias e o share dos programas exibidos na quinta-feira, 17 de agosto de 2023.

- Continua após a publicidade -

Audiências da Globo

Audiências da record

- Continua após a publicidade -

Audiencia SBT

Audiência band

- Continua após a publicidade -

Rede TV

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta