SBT tem gato no telhado e muita disposição nos bastidores

José Armando Vannucci
José Armando Vannucci - José Armando Vannucci
4 Min Read

O SBT vive um momento intenso em seus bastidores. A saída de Fernando Pelégio após uma reunião na última segunda-feira agitou todos os departamentos da emissora, principalmente porque os funcionários viram sinais bem claros de que uma onda positiva possa acontecer a partir de agora e que Daniela Beyruti quer ação, novidades e resultados. A vice-presidente do SBT é elogiada em todas as esferas da Anhanguera.

- Continua após a publicidade -

Dos mais poderosos ao pessoal da base, todos enxergam nela muitas características de Silvio Santos, mas principalmente a ousadia e a ausência de medo no tentar o novo. Silvio sempre agiu assim e, quando acreditava num projeto, colocava no ar, sem se importar para opiniões contrárias. Ele assistia aos pilotos, aprovava ou reprovava, mas decidia. Os mais velhos de SBT lembram que ele acertou mais do que errou e, portanto, se Daniela assim agir conseguirá resultados.

A poeira vai assentar

O anúncio do novo Diretor Artístico pode demorar um pouco mais do que o previsto porque serão necessárias reuniões, acertos, ajustes e a certeza de que este é o caminho. E engana-se que Daniela Beyruti está sozinha nesse processo. Ela tem ao lado vários executivos, entre eles Fernando Fischer, que tem um pensamento de proatividade muito semelhante ao da vice-presidente.

- Continua após a publicidade -

Além da escolha do novo Diretor Artístico, os próximos dias serão de reorganizar muitas coisas no SBT e rever alguns pilotos para aprová-los ou, definitivamente, encerrá-los, mas sob um novo olhar, sem alguns preconceitos. O que está no ar também estará no foco. “Esse clima todo é um grande estímulo para todos nós e até para quem resistia um pouco às novidades”, diz uma fonte que pediu anonimato.

No telhado gatos grandes

Essa mesma fonte contou à Coluna do Vannucci que “mais dois gatos grandes foram vistos no telhado”. É uma referência a mais ajustes na direção do SBT caso ainda mostrem uma postura rígida diante da necessidade de tentar alguma coisa para melhor o desempenho do SBT. Corre nos bastidores que o último trimestre de 2023 será decisivo para muitos programas. Quem está no ar terá que atender a um patamar de audiência ou faturamento e, no melhor dos cenários, unir esses dois fatores. Também nos bastidores circula a informação de que a grade vespertina será revista. Há quem dê como certo que pelo menos uma novela cairá para abrir espaço a uma outra atração e que o Fofocalizando será um pouco menor para garantir mais ritmo.

- Continua após a publicidade -

O clima está mudando

O fato é que ainda há muita especulação nos bastidores do SBT, muita coisa ainda poderá mudar, mas os sinais são muitos claros de que uma nova dinâmica aos poucos começa a ser implantada. A fonte que conversou com a Coluna do Vannucci com a garantia de anonimato disse que “esses últimos dias lembraram muito quando Silvio Santos chacoalhava tudo e estimulava todos nós a criar, fazer, lutar pela vice-liderança absoluta”. E uma frase dele me chamou muita atenção: “As pessoas estão com o mesmo tesão da época da Casa dos Artistas”.

Que bom que isso está voltando!

- Continua após a publicidade -

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta