Melhor da Noite completa um mês com audiência abaixo do esperado

José Armando Vannucci
José Armando Vannucci - José Armando Vannucci
4 Min Read
Glenda Kozlowski e Zeca Camargo
Glenda Kozlowski e Zeca Camargo comandam a atração diária da Band

O Melhor da Noite completou na última quinta-feira um mês no ar. O programa comandado por Glenda Kozlowski e Zeca Camargo foi criado para substituir o Faustão na Band e aposta em atrações ao vivo com uma pegada maior de jornalismo para tentar prender o público do Jornal da Band. O fato de levar a programação ao vivo da emissora até às 22h foi o fator primordial para o alto comando da Band aprovar o projeto.

- Continua após a publicidade -

Balanço obtido pela Coluna do Vannucci aponta que o Melhor da Noite está longe dos índices registrados pelo Faustão da Band, até mesmo em sua reta final onde o apresentador já não estava no palco e o programa era comandado por João Silva e Anne Lottermann. Entre o final de maio e início de agosto, o Faustão na Band oscilava entre 2,8 e 3,3 pontos de média. Em seu primeiro mês, entre os dias 21 de agosto e 21 de setembro, o Melhor da Noite registrou na Grande São Paulo 1,8 de média, o equivalente a 2,8% de share. Nesta faixa, a Globo exibe o Jornal Nacional e parte da novela Terra e Paixão e lidera com 25,9 pontos (40,7%), a Record fica com 7,0 pontos (10,9%) e SBT com 4,8 de média (7,6%). Entretanto, dois números chamam a atenção. Na Grande São Paulo, das 20h30 às 22h, o streaming registra 12,2 pontos de média, o correspondente a 19,1%. A soma das plataformas digitais está somente abaixo da Globo. Os canais pagos fecham com 5,8 pontos e 9,1% de share. Ou seja, os canais da TV por assinatura superam o SBT.

Painel Nacional de Televisão

No PNT a situação é um pouco mais complicada. Nesse primeiro mês, o Melhor da Noite tem 1,2 de média, o equivalente a 2,0% de share. No horário, a Globo ficou com 25,8 pontos e 41,5% de share. As plataformas digitais marcaram 12,9 de média e 20,7% de share. Na sequência aparece a Record com 6,8 de média e 10,9% de share, canais pagos com 6,1 de média e 9,8% de share e o SBT com 4,1 pontos e 6,5% de share.

- Continua após a publicidade -

Os números deixam claro que o Melhor da Noite não consegue segurar o público do Jornal da Band, o pico de audiência da emissora durante todo o dia. O Jornal da Band oscila entre 3,2 e 3,8 pontos na Grande São Paulo e não são raras as vezes em que ele termina acima dos 4,0 pontos de pico. O público do jornal passa em parte para o JN e o Melhor da Noite acaba como atração alternativa, uma vez que nessa faixa a Record e o SBT apostam em jornal e novela. Ou seja, Glenda e Zeca precisam ser opção e não continuidade.

Apesar do número modesto, o alto comando da Band diz estar satisfeito com o resultado do Melhor da Noite e aposta nele ao longo prazo. Isso é importante. É necessário confiar e dar tempo para todos os ajustes. Aliás, com um mês no ar a direção consegue agora avaliar o que não funcionou e apostar no que o telespectador gosta. Mas, é importante ressaltar o esforço da Band em manter um programa e não devolver esse horário para a locação a igrejas.

- Continua após a publicidade -

 

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta