Padre Reginaldo Manzotti canta no palco sertanejo do Terra da Padroeira

Lúcia Corrêa
4 Min Read
Padre Reginaldo Manzotti

O programa Terra da Padroeira já é de certa forma abençoado por ser transmitido direto do estúdio da TV Aparecida, localizado nas imediações do Santuário Nacional. E neste domingo (17/9), às 9h, a atração estará ainda mais fortalecida espiritualmente com a participação no palco – entre outros convidados – de ninguém menos que o multimídia cristão pop Padre Reginaldo Manzotti.

- Continua após a publicidade -

O sacerdote, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV, que arrasta multidões por onde passa, será recebido no palco pelo apresentador Kleber Oliveira e os animadores Tonho Prado e Menino da Porteira. Padre Reginaldo Manzotti se reinventa e inova a cada dia em prol da evangelização, acumula milhões de visualizações em seu canal do YouTube. Considerado um fenômeno editorial, Manzotti já vendeu mais de 6,3 milhões de exemplares de seus livros. Em março de 2022, lançou seu 25º livro, “O Poder da Cura”. Já na música, o religioso comunicador lançou o 5º DVD e 15º CD da sua carreira, “Tempo de Inovar”, com a participação especial do DJ Alok, Naiara Azevedo e Gustavo Mioto. Ele já compôs mais de 35 canções e, em 2013, foi indicado ao Grammy Latino pelo trabalho “Paz e Luz”. Antenado com as mídias digitais, o sacerdote tem mais de 7,3 milhões de seguidores no Facebook, mais de 4,4 milhões de seguidores no Instagram, mais de 3,34 milhões de pessoas inscritas em seu canal do Youtube, quase 715 mil seguidores no Twitter e mais de 300 mil em seu canal Vevo.

 

- Continua após a publicidade -

Outras participações:

E no quadro “Recordações”, Jhenifer Tomaz e Pedro Abrante, dupla de Votuporanga (SP), vão interpretar os sucessos de Sulino e Marrueiro. Os homenageados se conheceram em 1945 e formaram o “Trio Campeiro”: Sulino, Marrueiro e Castelinho, até 1949, quando Castelinho saiu e a dupla seguiu em frente. Gravaram ao longo de sua carreira 36 discos de 78 rotações e 41 LPs. Entre os grandes sucessos da dupla, podemos destacar “Morena dos Olhos Pretos”, “Abismo Cruel”, “Sete Léguas”, “Trem de Goiás”, entre outros. A dupla só foi desfeita com a morte de Marrueiro, em 1978. Já Sulino deu continuidade à carreira, arranjando outro parceiro – o Amarito, com quem gravou seis LPs. Gravou também um disco com Carreirinho, contendo sucessos de Sulino e Marrueiro, e Zé Carreiro e Carreirinho. Sulino também se destacou como compositor e faleceu em 30 de julho de 2005.

- Continua após a publicidade -

Também estarão no programa Alysson e Adysson, dupla formada pelos irmãos de Caldas (MG). Os dois participaram do reality “The Voice Brasil”, da TV Globo, e chegaram nas semifinais. São músicas de sucesso da dupla “Essa é pra Casar”, “Chamada Encerrada” e “Não Resisto a Nós Dois”.

E Mococa e Paraíso fecham as atrações deste domingo. O duo, que teve início em 1986, é muito conhecido no estilo sertanejo raiz. Lançaram inúmeros trabalhos em CDs e DVDs, um deles inclusive gravado na Estância Alto da Serra, com as participações especiais de Sérgio Reis, Bruno e Marrone, César e Paulinho, Chico Rey e Paraná, Beth Guzzo entre outros. Ambos constituíram parcerias anteriores, mas se mantiveram no estilo sertanejo raiz. Entre seus sucessos da dupla estão “O Caçador”, “O Carro e a Faculdade” e “O Céu Chorou Por Mim”.

- Continua após a publicidade -

Inscreva-se

Compartilhe essa publicação
Comentários

Deixe uma resposta